Programa Talk Show

Posts Tagged ‘mpb

Nosso logo definitivo!!!!

 

Feito sob encomenda por meu amigo Paulo Coruja ( http://www.baixocalao.com/coruja/ ), artista plástico, vocalista e gaitista da banda Cracker Blues ( www.crackerblues.com ). Eu liguei pra ele, dei a idéia e ele fez essa imagem maravilhosa que expressa a essência do Programa Talk Show : bate-papo sobre artes e cultura em geral!!!

Gostou??? Deixe seu comentário!!!

(by Celia Coev)

Anúncios

Ela é agitadérrima e agitadora, alto astral, dona de uma risada contagiante e doida por cultura e artes em geral – ela é Rose de Paulo, nossa nova produtora!!!

Rose atua como assessora na Galeria de Artes Mali Villas-Bôas, tem parceria com Kaká di Andara na empresa de eventos culturais Chiron Produção, é produtora cultural e trabalha há três anos com produção musical e também produção de TV em programas de cultura. E agora passa a dividir comigo (Celia Coev) algumas tarefas da produção do Talk Show.

Aí vai um breve resumo de Rose, por Rose:

Nome: Rose de Paulo

Profissão: Produtora Cultural

Nasc.: 09/01/1971

Est. civil: Solteira

Atividade: Sempre apaixonada por arte, trabalhei em várias  vertentes artísticas (assim considero) até me encontrar em produção de artes, primeiramente em artes plásticas  (onde atuo há 10 anos). Depois, pela paixão por música, me arrisco em produção musical com muito empenho e há 2 anos, pela paixão que tenho pelo jornalismo, estou nesta experiência de produção de tv por internet.

Filmes: Há muitos especiais. Mas brinco que me sinto às vezes na experiência de “O Diabo Veste Prada” …rs.

Qualidade: Minha teimosia acaba sendo minha maior qualidade. Sou persistente.

Defeito: Temosia e sou crítica comigo e com os outros.

Uma frase:  “Nunca subestime a capacidade do ser humano, o mesmo que hoje te ama, amanhã poderá matá-lo” – Frase minha…uso esta frase há uns 20 anos.

Livros: Também muitos, queridos companheiros! Adoro Fernando Pessoa.

Música: Vou citar cantores: Elis Regina, Ney Matogrosso, Zélia Duncan, John Lennon, Fred Mercury entre muitos outros. 

Sobre o “Talk Show”: Acho o Talk Show acima de qualquer coisa um ideal de vida que agrega pessoas, amizades, conhecimento e cultura entre sua equipe e que leva esta informação para o mundo.

Por que auxiliar na produção do programa? : Acredito na filosofia do mesmo e também na ferramenta pela qual esta sendo transmitido.

E-mail: rosedepaulo@yahoo.com.br

Orkut: Rose de Paulo

 

Olá, pessoal!!!!

Como fiquei um tempinho sem atualizar o blog, acho que devo uma explicação aos leitores e visitantes: foi por pura preguiça e vagabundice….hahahahaha.

Bricadeiras à parte, foi por absoluta falta de tempo mesmo – trabalho, vida pessoal, família, coisas relacionadas ao Talk Show, as Dicas Culturais, a fazendinha do Facebook (por que eu fui entrar nessa fazendinha??? Viciei nela…rsssss)….enfim, sempre deixava para depois e acabava me enrolando com outras coisas.

Só para dar uma refrescada na memória – lembrando que todos os vídeos estão linkados na coluna à direita do blog – depois da participação do Juan Martyn, tivemos os seguintes entrevistados:

– 13/10 – Metrópole Rock e Poeta dos Motoboys

– 20/10 – Sérgio Pereira Couto falando sobre seu novo livro “HELP – a Lenda de um Beatlemaníaco” (euzinha entrevistando….adorei!!!)

– 27/10 – o grande Gerson Conrad, fundador da banda Secos & Molhados

– 03/11 – Banda 5TO1 The Doors Cover – banda reconhecida pelos ex-integrantes do The Doors original como a cover oficial para a América Latina

– 10/11 – o cantor e compositor Adolar Marin – MPB das boas!!!

– 17/11 – Tribo Mira Ira – Míriam Miràh, Mário Lúcio Marques e Lula Barbosa – três vezes MPB das boas!!!!

– 24/11 – De Artista e Louco Todo Mundo tem um Pouco

– 01/12 – Banda Aldora…esses meninos vão longe!!!!!

– 15/12 – encerrando 2009 com a Banda Mr Balboa

E o dia 08/12??? Novamente um caos em São Paulo, causado pelas chuvas. Foram quase 50 pontos de alagamento pela cidade nesse dia, muitos deles intransitáveis. Foi preferível adiar a entrevista (ela já foi realizada dia 19/01/2010) a colocar todos os envolvidos em algum tipo de risco no trânsito.

Para terminar, vou deixar aqui minha mensagem pessoalpara o começo de 2010, mas que serve para o ano inteiro, ou para a vida inteira:

Para cada um dos meus amigos e colegas de trabalho ou pessoais, virtuais ou não, mas que são igualmente importantes.  

Para quem acompanhou as mudanças ocorridas nos últimos meses, o surgimento do Programa Talk Show, para quem me apoiou nos novos projetos (ou não…..o que só me deu mais força para continuar), para todos vocês, que são mais do que especiais para mim, quero deixar três frases do meu escritor favorito, Fernando Pessoa:
 
“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.”
 
“Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso.”
 
“Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo…”
 
Que 2010 traga a todos a realização e renovação dos desejos, sonhos e projetos de cada um de vocês assim como 2009, apesar e principalmente com todas as mudanças em minha vida, me trouxe muitas alegrias, e os frutos estão sendo colhidos!!!!
 
(by Celia Coev)

Adriano C. TardoqueConfirmando a teoria de que a internet pode nos brindar com grandes amigos, taí o Adriano.

Há um ano e meio, passeando pelo Orkut, encontrei o perfil do Adriano – não me lembro bem mas acredito que ele tenha adicionado o perfil de minha antiga produção e fui conferir quem era. Gostei tanto do que li e vi em seu perfil que acabei convidando-o para ser entrevistado (um dos melhores “anônimos interessantes” que já encontrei) e, a partir disso, nos tornamos bons amigos.

Sempre me apoiando, elogiando ou criticando, e em alguns momentos dando dicas de pautas, um belo dia (já faz um tempinho) ele me disse que se eu abrisse uma produtora, gostaria de trabalhar comigo, fazendo qualquer coisa. Mas, com a cultura e inteligência que ele tem, ele não poderia fazer “qualquer coisa”, tinha de ser uma “coisa especial”….e é isso que tem feito: uma espécie de co-produção de pauta.

Só tenho a agradecer ao Adriano por acreditar em meu trabalho e por ter vindo me auxiliar nessa maluquice deliciosa.

(by Celia Coev)

Fica aqui um pouquinho do “Adriano por Adriano” :

Nome: Adriano C. Tardoque

Profissão: Professor de História, Educador Social, Pesquisador

Nasc.: 09/10/1974

Est. civil: Divorciado – Pai do Gabriel, 13 anos.

Formação: Oficina de Teatro – Centro Cultural São Paulo/1992; Oficina de Roteiro de Cinema e Vídeo – Oficina Oswald de Andrade/2001; Curso de Alfabetização de Jovens e Adultos pela Proposta Pedagógica de Paulo Freire – NEJA-UNINOVE/2005; História – UNINOVE/2006; Conselheiro em Direitos Humanos – EFSPM “Álvaro Liberato Alonso Guerra” e Comissão Municipal de Direitos Humanos – SP/2008; Direitos Humanos e Mediação de Conflitos –  Instituto de Tecnologia Social / Secretaria Especial dos Direitos Humanos do Governo Federal/2009; Técnico em Museu – Centro Paula Souza/2008

Fuma? : Não.

Bebe? : Não. Apenas “celebro” com auxílio dos néctares.

Filmes: As Vinhas da Ira (John Ford), Assassinos por Natureza (Oliver Stone), Eles não usam black-tie (Leon Hirszman), dentre outros.

Qualidade: Deixo para os demais opinarem.

Defeito: Crítica exacerbada, inconstância e orgulho.

Uma frase:  “O inferno são os outros” (Jean-Paul Sartre, na peça Entre Quatro Paredes)

Livros: Hermman Hesse, Augusto dos Anjos; Charles Baudelaire, Arthur Rimbaud, Fernando Pessoa, Guy de Maupassant, Machado de Assis, Nelson Rodrigues, Sartre, Nietzsche, Dostoievski, etc.

Música: Mutantes, Secos & Molhados, Miles Davis, Beatles, Stones, Caetano, Gilberto Gil, The Black Crowes, Eric Clapton (is God), Chet Baker, Wynton Marsalis, Billie Holiday, Barão Vermelho, Bach, Wagner, etc.

Sobre o “Talk Show” : Proposta, alternativa, interesse, vontade, cultura, projeto, ideais.

Por que auxiliar na produção do programa? : Por acreditar na idéia, nos envolvidos, no projeto.

E-mail: adriano_tardoque@yahoo.com.br

MSN: adriano_tardoque@hotmail.com

Orkut: Adriano Tardoque

Preparando pra começarComo em toda produção ao vivo, alguns imprevistos acontecem. Nesse dia (29/09) foram, novamente, o trânsito e a chuva que atrapalharam um pouquinho e o Marcio Cavalcanti, que deveria começar o programa entrevistando o Élio Camalle, acabou chegando em cima da hora e já estávamos com tudo pronto para que o Claudio Jr entrevistasse o Marcos Greick (o Wolverine brasileiro).

Como a ordem dos fatores não altera o produto, invertemos tudo e começamos em grande estilo, contando um pouco da história de um herói da Marvel e as aventuras do Wolverine brasileiro.

Marcos GreickA cara de mau do Wolverine pode assustar um pouquinho mas, aviso aos navegantes, é só quando o personagem está em ação. Fora isso, o Marcos (sósia do Wolverine) é um doce de pessoa, super gente boa!!!! E foi bem divertido o papo com ele.

 

Élio CamalleEm seguida, entra em campo Marcio Cavalcanti entrevistando seu amigo Élio Camalle – Élio sem “H” e Camalle “com dois lês”…rssss….que mostrou seu novo trabalho – “A Felicidade.exe” (vide resenha by Adriano C. Tardoque no post abaixo). Música Popular Brasileira das boas!!!!! Vale a pena conferir o CD.

Marcos e Élio, esperamos tê-los novamente no Talk Show!!!!

A turma reunida

(Da esquerda para a direita: Claudio Jr, Élio Camalle, Marcos Greick, Marcio Cavalcanti e eu)

by Celia Coev

CD Élio CamalleUma das atrações do programa TALK SHOW do dia 06/10, o músico Élio Camalle apresentou seu novo CD, A Felicidade.exe, lançado recentemente. O trabalho conta com 14 canções, que perpassam as temáticas do amor, reflexão e memória, com a pegada Mpb-Pop e ritmos regionais, equilibrando-se em cada uma das faixas. A música que dá título ao trabalho, apresenta uma sutil constatação (ou contestação) do que é “ser feliz”, colocando sua posição de “não se dar por satisfeito” entre os ritmos dos “… sambistas, mc’s, torcedores e funkeiros” que se atropelam em proporcionar a alegria no dia-a-dia: “Quem tem bunda rebola, quem tem dente sorri. Essa é a nossa escola!”. Assim,  a sentença de sua idéia salta no pensamento: “Felicidade é uma droga que invadiu esse país”. A canção Programa apresenta com singular apropriação (incrivelmente pouco explorada pelos compositores atuais) do uso dos termos ligados a estrutura física dos computadores e internet, simbolizando ações e sensações do cotidiano: “Eu quis até fazer um download da situação, salvar em MP3 o amor que a gente fez…”. Em Balada Perdida regrava a bela composição de sua autoria, que faz referência a Espanhola, de Sá & Guarabyra, tendo sido gravada anteriormente por Sonekka, no bom CD Agridoce (2007). A efemeridade da busca de uma paixão se apresenta em Caso (“hoje eu quero um caso, que case com o dia de hoje”), no melhor estilo blusinho. Além de tudo isso, seja pelo Xóte (Chilique e resto), batida Reggae (Neguinha Monamour) ou no lamento sertanejo (Amplificador), Élio Camalle busca na sua intimidade dos ritmos e letras, aproximar o universo das suas sensações comuns, ás dos seus ouvintes, tendo a música como ambientação para esta troca, que ocorre com simplicidade e eficiência. Conheça!

Site: www.camalle.com

Myspace: http://myspace.com/eliocamalleoficial

by Adriano C. Tardoque


Twittando

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.